segunda-feira, 31 de maio de 2010

{viver despenteada}

o mundo é louco, definitivamente louco…
o que é bom, engorda.
o que é lindo, custa caro.
o sol que ilumina o teu rosto, enruga.

hoje aprendi que é preciso deixar que a vida te despenteie. por isso, decidi aproveitar a vida com mais intensidade…








E o que é realmente bom nesta vida,
despenteia…







- fazer amor : despenteia.

- rir às gargalhadas : despenteia.

- viajar, voar, correr, entrar no mar : despenteia.

- tirar a roupa : despenteia.

- beijar a pessoa amada : despenteia.

- brincar : despenteia.

- cantar até ficar sem ar : despenteia.

- dançar até duvidar se foi boa ideia calçar aqueles saltos gigantes essa noite, deixa o cabelo irreconhecível…

então, como sempre, cada vez que nos vejamos, eu vou estar com o cabelo despenteado… mas podes ter certeza que estarei a passar pelo momento mais feliz da minha vida.

é a lei da vida: vai estar sempre mais despenteada, a mulher que decide ir no primeiro carrinho da montanha russa, que aquela que decide não subir.

pode ser que me sinta tentada a ser uma mulher impecável, toda arrumada por dentro e por fora…

o aviso das páginas amarelas deste mundo
exige boa presença:

penteia o cabelo,
põe,
tira,
compra,
corre,
emagrece,
come coisas saudáveis,
caminha direita,
fica séria…

e talvez até devesse seguir as instruções, mas… quando me vão dar a ordem para ser feliz? por acaso não se dão conta que para ficar bonita, eu tenho que me sentir bonita???

a pessoa mais bonita que posso ser!

a única coisa que realmente importa é que ao me olhar no espelho, veja a mulher que devo ser.

por isso, a minha recomendação a todas as mulheres:

entrega-te,
come coisas boas,
beija,
abraça,
dança,
apaixona-te,
relaxa,
viaja,
salta,
dorme tarde,
acorda cedo,
corre,
voa,
canta,
arranja-te para ficares linda,
arranja-te para ficares confortável,
admira a paisagem,
aproveita,

e acima de tudo:

deixa a vida despentear-te!!!!

o pior que pode acontecer é que, rindo em frente ao espelho...

...precises pentear-te de novo.


autor desconhecido
pics @

16 comentários:

Fê-blue bird disse...

PUXA!
Até eu me despenteei!
ADORO VÊ-LA ASSIM FELIZ!
Mil beijos!

Rogério Pereira disse...

Teu cabelo está a moda
E o teu corpo bamboleia
Minha nega, meu amor
Qual é o pente que te penteia, ô nega

Nega do cabelo duro
Qual é o pente que te penteia
Qual é o pente que te penteia
Qual é o pente que te penteia, ô nega

Canção fresca, ma minha Elis Regina
e que pode ouvir aqui, Ó nega...

http://letras.terra.com.br/elis-regina/140806/

pink poison disse...

Maravilhoso e inspirador! parabéns!

Rita disse...

É por isso que o teu cabelo está na miséria em que está? Então a culpa não foi da cabeleireira?

;)

lol

jinhos

manelat disse...

Um bom ponto de vista! Adorei o texto e as fotos. Excelente, como já é costume. Bjos

cc disse...

E é mesmo isso! Viver despenteada! Viver a Vida tal como ela deve ser vivida! Obrigada por ajudares a mostrar o caminho :)

Paula disse...

Rir despenteada lol vou começar a fazer isso mais vezes.

Beijinho :)

Amélia disse...

Que texto fenomenal!!! Adorei :)

Um beijinho!

Sarita disse...

Adorei! Eu sou uma que não uso escova nem pente, perdi este hábito no meu longo período de cabelos curtíssimos, hoje só penteio quando lavo.

viva os despenteados!!!!!

bjos

Marta disse...

Também vivo despenteada... será que sou feliz?

Acho que sou :)

Bjos!

ana disse...

Adorei e tenho que assumir que também estou sempre despenteada! Mas feliz!!!
Beijinhos :)

Olga disse...

Adorei! Já começei a despentear-me. Beijinhos.

Helga disse...

A função do pente é de mera disciplina e regra e todas as regras foram feitas para serem quebradas e a indisciplina por vezes, renasce-nos e não há sensação mais deliciosa que sentir os cabelos soltos e livres, se solta e livre também se sentir a nossa alma... revolta, rebelde e com vontade de saborear o vento.

Um beijinho e abaixo os pentes!

caminhante disse...

despenteados... mas felizes.

beijinho de cabelos em pé :)

dandelion disse...

Este texto deixou-me despenteada e despenteada vou trabalhar! Um beijinho :)

Insana disse...

Viver livre sobre o vento..

bjs
Insana