segunda-feira, 17 de outubro de 2011

{fluoxetina}

há dias[como hoje] em que, assim que acordo, apercebo-me que a minha vida não é nada mais que uma[dolorosa] sucessão de fracassos.

[pode até ser. sim. é. uma sucessão de fracassos. mas, há uma vitória que ninguém me poderá tirar. e há sempre o  amanhã... o tal novo dia]