quarta-feira, 28 de março de 2012

{adietar*: persegue o teu sonho...}

...e jamais aceites um não como resposta.

há seis anos disseram-me que não. que não tinha cura. que não, não voltaria a ter aquela vida que tinha tido até alguns anos atrás, antes do aparecimento da doença. que não voltaria a trabalhar porque a doença estava invulgarmente avançada. disseram-me que não... mas, uppsss... descobri que tudo aquilo que me tinham dito, era mentira.

há dois meses atrás, disseram-me que não. o yôga estava fora de questão, tal como o pilates por causa das suas articulações somente reforço muscular

hoje, disseram-me que sim. posso. ir à aula de bodybalance[uma deliciosa mistura de yôga, pilates e tai chi]. afinal, foram dois meses de treino intenso sem uma única recaída e com excelentes resultados.

hoje... disseram-me que sim!!!!!!!!!!!


[bem... de seguida, ouvi um não. porque, já que consegui o bodybalance, que tal bodypump? não abuse, disse-me com aquele ar traquinas, acenando negativamente com a cabeça. está bem, respondi-lhe. com os lábios. sim. porque, na minha cabeçinha... bodypump é somente o meu próximo objectivo]


o céu é o meu limite... e se eu quero, eu posso, eu consigo.

[e ninguém poderá me negar isso]

3 comentários:

✿ chica disse...

Essa garra te levará adiante.Lindo isso!!Vai firme e com caaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaalma!rs beijos,chica

Sam Seaborn disse...

“o céu é o meu limite... e se eu quero, eu posso, eu consigo. [e ninguém poderá me negar isso]”
A única atitude que podemos e devemos ter perante a vida…
Tem um óptimo fim-de-semana

Rosa Carioca disse...

É isso aí!
Fez-me lembrar de Enrico Caruso que, quando criança, ouviu um médico dizer: - Com essas cordas vocais, nem pensar em cantar!
Tornou-se no famoso tenor italiano.