domingo, 18 de abril de 2010

{rewind}


lembro-me de um quarto escuro com tons de vermelho. um pano dessa mesma cor por cima do candeeiro da mesinha de cabeceira. afasta o bichinho que provoca o sarampo, disseste-me. então, está bem. e ali fiquei durante algum tempo. nunca aborrecida, porque todos os dias oferecias-me um brinquedo novo. para afastar a tristeza. por não poder ir brincar lá para fora, para o quintal. lembro-me do conjunto de chá, em loiça, pequenino... tão pequenino...

lembras-te?

10 comentários:

Fê-blue bird disse...

Eu também passei por algo assim!

Já foi há tanto tempo!!!

Beijinhos

caminhante disse...

muito tempo... eu tinha uns cinco anos?

um beijinho

Rita disse...

"afasta o bichinho que provoca o sarampo" que fofo :)

beijinho

Olga disse...

Eu fiquei lá deitada, ninguém me deu brinquedos, vestiram-me foi de vermelho, horrível!

caminhante disse...

mas onde é que eles foram desencantar a ideia do vermelho?

Rei da Lã disse...

Não me lembro de nada...

;)

caminhante disse...

rei da lã... provavelmente, já não é do "teu tempo"...

:)

manelat disse...

Lembro-me de ter detestado o quarto vermelho. Quando a minha filha teve sarampo, a minha mãe veio com a mesma ideia: no way!!!

Helga disse...

Também tive um casaco vermelho à conta do sarampo. E a luz de casa reduzida e a rua era igualmente proibida. Coisas de mãe. Coisas que não se esquecem e nos aquecem a alma e confortam o coração, quando olhamos para trás e as recordamos.

Beijinhos :)

caminhante disse...

manela, o cor de rosa servirá para o efeito? a tua princesa não se iria importar, com certeza :)

helga, coisas de mãe: disseste tudo...

bjs