quarta-feira, 25 de agosto de 2010

{???}

descobri este vídeo lá no rei da lã...



alguém me explica o que raio passou na cabeça daquela mulher? o gatinho foi-lhe pedir festinhas... e acaba no lixo???

[pelo menos, aconteceu na inglaterra... lá existe a rscpa. se tivesse sido em terras de camões, nada. não se passaria nada.]

14 comentários:

Miguel disse...

O que se passa é que a humanidade está a desumanizar-se cada vez mais.

Aquele abraço.

Ritinha disse...

Era fazer-lhe o mesmo mas só depois de lhe dar valente porrada. O que é a rscpa?

xoxo

Joana disse...

Sem comentários... ou não! Mas a mulher é estúpida ou quê? Mas o mundo está a ficar doido???

Leolpoldo disse...

"Polícia protege mulher que meteu gato no lixo

Uma mulher foi filmada a meter um gato num caixote do lixo. Agora, tem a porta de casa vigiada pela Polícia, que receia uma retaliação por parte de amigos dos animais.

Mary Bale, de 45 anos, é a protagonista de um caso insólito de crueldade para com os animais. Foi filmada a meter um gato num caixote do lixo. Os amigos dos animais não lhe perdoam e a Polícia está a vigiar a casa da mulher, temendo que lhe cheguem a roupa ao pêlo.
"Não percebo porquê esta excitação toda. É só um gato", disse Mary Bale, em declarações ao jornal "The Sun". "Não sei o que me passou pela cabeça, mas de repente achei que seria engraçado meter o gato no caixote do lixo", disse a senhora, que tem sido muito assediada pelos jornalistas.

O dono do gato, Darryl Mann, havia instalado o sistema de vigilância depois de o carro ter sido vandalizado. Só 15 horas após ter detectado o desaparecimento do animal se lembrou de ver as imagens de videovigilância. Foi assim que descobriu o que tinha acontecido.

Na filmagem, viu uma senhora de meia-idade a acariciar a gata, Lola de sua graça, antes de a meter no caixote do lixo. Darryl e a esposa, Stephanie, resgataram o animal e puseram o vídeo no Youtube. Criaram, ainda, uma página no Facebook, sob o título "Ajudem a encontrar a mulher que pôs o meu gato no caixote do lixo".

O vídeo, que corre mundo, gerou uma onda de protestos no Reino Unido e motivou uma investigação da Real Sociedade para a Prevenção de Crueldade para com os Animais.

"Não sei como alguém pode dormir descansado à noite sabendo que trancou um gato num caixote de lixo", disse Darryl Man, em declarações à Reuters. A gata sobreviveu, sem mazelas, à aventura de 15 horas fechada num caixote do lixo. "Está bem. Cansada, com tudo o que aconteceu, mas bem", disse o dono do animal."

JN

Há pessoas para tudo. Não entendo é porque é que a polícia ainda protege alguém que diz achar engraçado meter um gato no lixo.

Marta disse...

O que mais me revolta é ela dizer que não percebe o porquê de tanta revolta pois só se trata de um simples gato... que raiva, se fosse a minha gata a passar pelas mãos desta "senhora", eu não sei o que faria.

Lady in high heels disse...

Estimo do fundo do coração que a velha tenha uma morte muito lenta e dolorosa (tenho 2 gatas que tu tão bem conheces)!
Já dizia o outro, quanto mais conheço as pessoas mais gosto dos animais...

Madalena disse...

“A grandeza de uma nação e o seu progresso moral, podem ser avaliados pela forma como tratam os seus animais”. (Mahatma Ghandi)

ana disse...

"Não sei o que me deu, mas, de repente, pensei que poderia ser engraçado metê-lo [o gato] no caixote que estava mesmo ali ao lado. Fí-lo por piada, porque pensei que poderia ter graça. Nunca pensei que ficasse preso. Esperava que se libertasse."

Realço o "é apenas um gato" by Ms Bale (a autora da barbaridade).

mafaldinha disse...

Priberam

sociável
adj. 2 gén.
adj. 2 gén.
1. Que nasceu para viver em sociedade.
2. Que procura a sociedade dos seus semelhantes.
3. Diz-se das espécies de plantas e de animais que vivem em grupo.
4. Fig. Urbano; delicado; dado; civilizado.

A sociedade está podre.

dandelion disse...

E alguém me explica porque é que a polícia está a proteger esta aberração?

caminhante disse...

é mesmo isso... têm todos razão. eu também não sei o que faria, se tivesse sido com a minha luna. o que mais me aflige imaginar o pânico da lola, quando se viu encurralada naquele caixote durante horas a fio. seres humanos...

ritinha:

a RSPCA é uma associação de caridade do reino unido cujo principal objectivo é a "exterminação da crueldade, promoção da bondade e o alívio do sofrimento de animais".

royal society for the prevention of cruelty to animals actua a vários níveis, fazendo cumprir as legislações em vigor para garantir o bem estar dos animais, quer sejam animais domésticos ou selvagens.

como a RSPCA é uma sociedade de caridade, depende unicamente de ajudas de donativos e o principal patrono é a rainha de inglaterra.

no site oficial lêem-se os principais objectivos (breve referência):

* (...) prestar um serviço público eficaz para aliviar o sofrimento animal aplicando as legislações em vigor.
* reduzir o impacto negativo de actividades humanas nos animais (...).
* garantir que nenhum animal em nenhuma situação esteja sujeito a sofrimento por mãos humanas, quer intencionalmente ou não.

a série que passa no canal sic mulher, "animal hospital" deu a conhecer a RSPCA a muitas pessoas [a mim, por exemplo, que desconhecia a existência desta sociedade até há pouco tempo]

nós bem que precisávamos de qualquer coisa assim...

Olga disse...

A crueldade humana.

Irina disse...

Realmente também não compreendi o que raio se passa na cabeça de alguem para tal. Epá aiinda bem que lá as leis são apertadas. Cá um individuo mata um cão porque lhe apetece, para alem da (alegada) insanidade, não tem punição nenhuma pois de acordo com as leis portuguesas os animais são considerados "coisas" ou posses dos donos. Logo os animais de rua não interessam e podem ser mortos por quem assim o desejar. Onde é que isto pode ser permitido? Oh please.

Madalena disse...

Olha mas que raio: tiraram o vídeo do utube! A ditadura já chegou à www???