domingo, 24 de outubro de 2010

{short cut}


farda branca ou verde, socas azuis leves e confortáveis. seringas, agulhas, adesivo canetas, papeis sei lá mais o quê nos bolsos. pernas doridas... ah!(já me esquecia) mal pago!


é assim que miguel se apresenta.

cheirinho a éter, fala-nos da realidade crua e dura do dia-a-dia de um enfermeiro. sem eufemismos [como eu gosto], alguns textos são verdadeiros "murros no estômago". mas todos mostram-nos a enorme capacidade que este enfermeiro tem de se dar ao seu semelhante. uma vez, num comentário, disse-lhe que jamais poderia enveredar por essa carreira por falta de vocação. é assim mesmo. conseguir subtrair-se em prol do outro é algo que nem todos são capazes.

miguel está de partida. o seu caminho, neste pequeno país à beira mar plantado, chegou a uma "espécie" de beco sem saída. porém, um outro caminho o espera, lá pelos lados do grande lago de genebra. e precisa da nossa ajuda. criou o blog asas para voar.
onde colocarei os artigos que serão postos à venda, por uma verdadeira pechincha, e que poderão ser empregues nas vossas casas, em casas de férias, casas para alugar, quintas, quintais, cozinhas rústicas. Não peço que comprem mas peço que passem a palavra!
[comprem! vamos ajudar a conseguir os sapatos certos para esta família!]

e quem passou grande parte de uma vida a ajudar os outros, nada mais certo que poder contar com a nossa ajuda.


e há o gastão. esse cão lindo da fotografia. infelizmente, para grande tristeza de todos, o gastão não pode acompanhar a família, nesta nova caminhada. ele precisa de um lar. e sei, no fundo do meu ser, que conseguiremos encontrar a família certa.



caminhante, não há caminho. faz-se o caminho ao andar: miguel, toda a força do mundo, é o que desejo a ti e aos teus!

11 comentários:

A CHISPA ! disse...

Para percorrer um outro caminho, que não seja preciso mais emigrar
e ir para longe de quem não gostariamos de estar.

Consulte a "A CHISPA!" e "classecontraclasse.blogspot.com" e comente os seus textos,talvês aí se nos ajudar, percorreremos então o caminho que ambicionamos.

A CHISPA!

Rogério Pereira disse...

Claro que já espreitei
Claro que vou lá regressar
tendo eu sido enfermeiro
temos muito p´ra conversar

A minha nova e competente missão dispensar-me-ia de tal digressão, pois que a psicologia não carece de enfermaria...né? (isto tem a ver com o bonito comentário que foi "lá" escrever)

Beijo e gracejo

Rei da Lã disse...

Eu jamais abandonaria um animal amigo!

Antes Prefiro disse...

gostei da sugestão. e lamento p'lo Gastão. hoje em dia é tão difícil encontrar bons donos, pessoas que vejam os animais não como uma propriedade, mas como os seres-vivos fantásticos que são... mas o Gastão tem um ar castiço, estou certa que terá essa sorte! quanto a mim, passarei a palavra. :)

Rei da Lã disse...

Se eu - infelizmente - não residisse num prédio, era homem para adoptar o rapaz.
Mas como ele merece ser feliz...

mafaldinha disse...

Opá faz-me um bocado de espécie o que se está a passar com o canito. Não dá mesmo para ir com a família?

Amélia disse...

Deve estar a ser muito difícil para a família deixar o Gastão para trás. Espero que encontrem um bom lar para ele.

Lady in high heels disse...

Espero que tudo lhe corra pelo melhor! Que coragem!!! E boa sorte para o Gastão :,(

Pedro disse...

Já visitei, bom link. Só não sei o que pensar do cão pá.

Fê-blue bird disse...

Este post impressionou-me muito mesmo!
Triste do país que desperdiça assim os seus jovens e o seu valor!
Desejo ao Miguel à sua família e ao Gastão as maiores felicidades e que todos os seus sonhos se concretizem.

Beijinhos

cc disse...

É pena o Gastão não poder ir. Vamos ver se entre todos conseguimos encontrar alguém que trate bem dele :)