quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

{hoje, a terra dos sonhos, está assim...}




[clicks de josé teixeira*]


*porque aqui a naba está de cama...


[é que era suposto eu estar lá... e eu que nunca vi neve... que @$%!!!]

15 comentários:

Fê-blue bird disse...

Minha querida:
Eu também nunca vi neve :-(, vamos combinar ir lá as duas?
Espero que melhore rapidamente, porque preciso da sua força e da sua energia !

Beijinhos muitos

Brown Eyes disse...

Está linda a terra dos sonhos, esta que não é de sonhos também estava, de manhã. Nunca viste neve? ohhhhhh É lindo, problema quando também há gelo. Beijinhos

Rogério Pereira disse...

Afinal, de que terra é?
Julgava-a aqui mais ao pé...
Até pensei levar-lhe um leitinho com mel e um cheirinho de aguardente
que é bom para que está
assim doente...

Bonita, essa paisagem!

(então será por na cama estar
que não visitou o "...Meu Navegar")

As sua melhoras e um beijo

Tite disse...

Que pena!!!!

Desejo-te rápidas melhoras amiga.

Sem beijinhos para não contagiar

Marta disse...

Que fotos lindas!

Atena disse...

Que belas imagens! Sem duvida a neve tem um encanto único que proporciona magníficas paisagens.
Também nunca vi ou senti a sério, mas já prometi a mim mesma que um dia será... (Sempre fugi disso, porque detesto o frio, não o suporto e nem os meus ossos, amiga). E a ti, far-te á bem este frio todo? Espero que estejasd de cama, apenas por uma constipação ou gripe.
Grande beijinho, as melhoras e até breve

www.girodeideias.blogspot.com disse...

fotos lindas, lugar lindo e espero que tudo esteja bem com você.beijinhos,Eliete

Theresa disse...

Susana, as fotografias são lindas,apesar de todo o frio que se deve sentir por lá, deve ser mesmo um sonho.

Ritinha disse...

Balada da Neve

Batem leve, levemente,
como quem chama por mim.
Será chuva? Será gente?
Gente não é, certamente
e a chuva não bate assim.

É talvez a ventania:
mas há pouco, há poucochinho,
nem uma agulha bulia
na quieta melancolia
dos pinheiros do caminho…

Quem bate, assim, levemente,
com tão estranha leveza,
que mal se ouve, mal se sente?
Não é chuva, nem é gente,
nem é vento com certeza.

Fui ver. A neve caía
do azul cinzento do céu,
branca e leve, branca e fria…
Há quanto tempo a não via!
E que saudades, Deus meu!

Olho-a através da vidraça.
Pôs tudo da cor do linho.
Passa gente e, quando passa,
os passos imprime e traça
na brancura do caminho…

Fico olhando esses sinais
da pobre gente que avança,
e noto, por entre os mais,
os traços miniaturais
duns pezitos de criança…

E descalcinhos, doridos…
a neve deixa inda vê-los,
primeiro, bem definidos,
depois, em sulcos compridos,
porque não podia erguê-los!…

Que quem já é pecador
sofra tormentos, enfim!
Mas as crianças, Senhor,
porque lhes dais tanta dor?!…
Porque padecem assim?!…

E uma infinita tristeza,
uma funda turbação
entra em mim, fica em mim presa.
Cai neve na Natureza
e cai no meu coração.

Augusto Gil

Um poema que tem tanto de belo como de triste...

anita disse...

Aqui também está a nevar!!! Aqui na minha terrinha começou há alguns dias a nevar, e eu tenho estado a apreciar os miúdos da escola primária frente à minha casa que andam ali a brincar a ver a neve a cair e não há frio que lhes entre nos osso....

Adoro a neve!

Pedro disse...

:frosty: :frosty: :frosty: :frosty: :frosty: :frosty:

Madalena disse...

Vi as imagens na tv... Está mesmo espectacular! Eu também nunca vi neve :|

Mané disse...

Como é que nunca viste neve???A tua família não é toda lá do norte???Que proeza!

Por aqui está tudo branco. Fiz um boneco em tua homenagem :)

caminhante disse...

fê, está combinado!!!

brown, que inveja[mas da boa...] que tenho de ti :)

rogério, o "leitinho com mel e um cheirinho de aguardente" não está a fazer grande efeito...

obrigada, avó tite :)

marta, são sim... o josé acertou nos clicks!

atena, o frio está a deixar-me uma chata. mas, acho que tudo passaria no momento em que tocasse na neve. digo eu...

eliete, o local é mesmo lindo. e eu já estou bem melhor! obrigada :)

theresa, é isso mesmo :)

ritinha, não gosto nada desse poema... também o acho triste...

anita, que inveja :|

pedro, tens toda a razão!!!

madalena, junta-te ao grupo!

obrigada pelo boneco, mané!

um beijinho a todos :)

mafaldinha disse...

Acabei de chegar à santa terrinha e está um frio de rachar! Não sei porque raio gostas tu tanto de neve: é fria, gelada e molha tudo!!!!