quarta-feira, 6 de abril de 2011

{lei da atracção}

muito se tem falado sobre a lei da atracção. há quem acredite, há quem pense que é só mais uma moda.

comigo, funcionou.

pedi à minha mãe, durante muitos anos, um irmão mais velho. ou um cão. o cão, recebi-o num delicioso natal e, como a minha mãe não me poderia dar um irmão mais velho, deu-me uma irmã[mais nova] pequenina, linda...

eu fiquei feliz, claro. mas... aquela falta, um estranho quê no meu coração, insistia em permanecer. como um vazio, um nada que precisava ser preenchido.

constantemente, perguntava ao meu pai, se não teria feito um irmão para mim, lá por terras de angola. afinal, ele esteve nesse país por mais de dois anos[numa guerra que, ainda hoje, ele não consegue perceber o porquê]... a minha mãe ficava de todas as cores[é que eu perguntava isto sempre em ocasiões de festas, durante o almoço]. não. tenho a certeza que não...

então, está bem...

há cerca de três anos, um passarinho bateu à minha janela, com o seu delicado biquinho. trazia uma boa nova: finalmente, sempre tinha uma irmã mais velha!

há quem não entenda esta sensação de a conhecer há décadas, apesar de a ter conhecido só há três anos. também há quem julgue, somente pelo facto, de tê-la conhecido aqui, neste mundo virtual.

no entanto, é assim... conheço-a desde sempre e sinto-a como parte de mim. penso nela todos os dias e não me durmo sem lhe enviar um beijinho de bons-sonhos[quando fecho os olhos, antes de adormecer].

uma sensação estranha[não nego], porém,
calorosa,
calma,
terna...
azul!

sinto a sua falta, confesso. adoraria que vivesse mais pertinho de mim. pode ser que um dia, isso aconteça. hoje, resta-me esperar ansiosa pelas minha férias. iremos estar, finalmente, juntas...

até lá...

resta-me um até de repente...

7 comentários:

Fê-blue bird disse...

Minha querida irmã mais nova:)
Ontem, foi um dia complicado para mim, e só agora pude vir aqui receber e agradecer a linda prova de carinho que me dedicou.
Este seu maravilhoso texto foi a melhor prenda que podia receber no meu aniversátio.
A sua amizade, o seu carinho, a sua presença constante tem sido o estímulo e a força que tantas vezes me falta.
Obrigada pela sua Luz!
Obrigada por ser também a mana que eu sempre quis!

Até de repente....sempre!
Beijinhos mil

caminhante disse...

linda :)

[e, quanto ao complicado, vai ver que tudo irá correr pelo melhor]

beijo grande!

Polly disse...

Que maravilhosa lei da atracção! Existem pessoas, e eu sou uma dessas felizardas, que apesar de não partilharmos os nossos genes, são-no mais próximas do que os nossos próprios irmãos.

Parabéns pela vossa amizade, que é uma das mais sublimes provas de amor.

Beijos, Polly

Briseis disse...

Ditoso passarinho que trouxe uma notícia tão boa! E é verdadeiramente uma felicidade encontrar alguém que compreendemos e amamos, mesmo que não conheçamos tão bem quanto desejamos. Tantas são as vezes em que este tipo de descobertas resultam em desilusões e discussões... A vossa é uma história inspiradora!

Sofia Azevedo disse...

Ter irmãos é a melhor coisa do mundo, quer eles sejam do nosso sangue ou não. Afinal é no coração que está a raiz do amor.
Felicidades às manas!

Eliete disse...

O amor sempre é uma lei da atração.
Quando ocorre é maravilhoso.bjs

Thê disse...

Que inveja da vossa amizade! Mas como dizes é uma inveja boa!

:)